segunda-feira, 27 de abril de 2009

JAC. RIZZO - Na areia

.
Tudo ficou tão velho e já antigo
Que nem sei por onde começar
Ou continuar...
Mesmo querendo

E às vezes releio, te visito
Tento catar emoção
Em meio aos cacos de vidro!

Que gostar é estranho
E quase sempre sem sentido!
.
.

2 comentários:

  1. Oh.....querido!!
    Não sabes a emoção que
    se renova a cada visita tua!

    Te gosto muito!

    ResponderExcluir
  2. Jac.,

    Também te gosto muito.

    Te abraço

    ResponderExcluir