quarta-feira, 8 de abril de 2009

DENTRO DA PALAVRA - Manhã

.

Manhã

Albery Junior / Marcos Quinan


A cidade acorda
Na manhã úmida
O orvalho goteja


Pelo concreto de
Seus viadutos
Igual lagrimas


O poder insensato
Ainda dorme
A mulher insegura
Ainda dorme
Sonha e arde


O poder insensato
Ainda dorme
A mulher insegura
Acorda sonha e arde
Sonha e arde


Da minha janela
Sonho com as manhãs
Orvalhadas nos campos
Com a liberdade
E com a mulher que
Sonha e arde

.

Voz - David Duarte
Arranjo – Fernando Carvalho
Violões de nylon – Fernando Carvalho
Cello – Saulo Moura
Viola – Ivan Zandonade
Violino – André Cunha

.

2 comentários:

  1. Eu ouviria esta canção na rede, à sombra de uma samaúma, imensamente feliz.

    ResponderExcluir