segunda-feira, 27 de abril de 2009

DITADURA NACIONAL

.

.

Poder da incompetência
Do descaso
De ladrões

Poder do corporativismo
Da falsa cidadania
Produzindo miseráveis

Sobranceiros
Dessabendo
Valores

Incultura
Ditando a norma
E sua curteza

Tanta necedade
De improficientes
Cheios da prenoção
De capacidade

Homens faltos
Exibindo pedantaria
E doutrinice
Vivendo a inópia
Do caráter ou mascando latim
No entreconhecimento
São Indoutos, larápios
No desserviço
Albardeiros e canalhas
Sarrafaçando sem suor
Como se tudo fosse inoficioso

Homens de exceção
Sem valores ou honra
Homens vãos
Que nem se percebem
Por ditadores que são.

MQ
.

Ditadura
[Do lat. dictatura.]
S. f.
1. Forma de governo em que todos os poderes se enfeixam nas mãos dum indivíduo, dum grupo, duma assembléia, dum partido, ou duma classe.

Dicionário Aurélio

.

6 comentários:

  1. Estive por aqui matando a sede so saber! Abraço Ademar!!!

    ResponderExcluir
  2. Todas as ditaduras são iguais.
    Todas nos levam ao caos interno!

    É muito ruim quando nos sentimos
    à margem de algum processo.
    Sinto que vivemos hoje a ditadura da 'arrogância'.

    Palavras que 'elas' usam:
    Tem que ser assim
    Eu quero assim
    Eu sei
    Eu faço

    Daí para o equívoco, é um passo...

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Jac.

    Gosto muito quando aqui vem, minha casa é a sua casa.

    Te gosto muito.

    ResponderExcluir
  4. Se for pra assinar, estou já assinando no pé do poema.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Márcia,

    Assinatura recebida. Obrigado.


    Abraços

    ResponderExcluir