segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

CRISTINA FARAON - PLANO INICIAL

.
Plano inicial

.
Era pra ser bem bonito,
Destinado ao infinito
Sem ter nada de banal.


Era pra ser coisa fina
Vinho bom que não termina:
Eis o plano inicial.

Era pra ser viciante
- Cada ínfimo instante
Danado pra se repetir.
Era pra o mundo saber
Que o mesmo sol de derreter
Iria também nos fundir.

Era pra sermos bacantes
Moradores dos instantes
Eternos e ocultos do tempo
Era pra darmos risadas
Enquanto as nossas pisadas
Seriam lambidas no vento.

Eu, tua corte encantada,
Fazendo-te realeza
Sem nada para decidir.
Veja você que beleza:
Nós dois cocegando a tristeza
E ela louquinha a fugir!

Era pra ser divertida
Essa nossa digressão:
Dormir no caminho da vida
Com o Cupido de plantão.

Era pra ser escarlate
Era pra ter chocolate
Caindo no moletom.
Era pra ouvir muitos sinos
E um coro de meninos;
Era pra ser “tudibom”.
Era pra ser bem assim...

E ainda que tudo acabasse,
Distraídos nesse enlace,
Ninguém notaria o fim.

Cristina Faraon

.

2 comentários:

  1. Márcia,

    Da Cristina publicamos um livro virtual na ladodedentro.
    Chama-se Rio Coragem.
    Entre lá e leia.

    Abraços

    ResponderExcluir