segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

1971



deixe-se envolver
acorde desse torpor
mas não defina nada, viva
separe-se das coisas
viva a incerteza
de cada instante
questione-os
também em função
de sua ressaca semanal
deixe que lhe digam
todas as verdades
mas não se envolva nelas
não acredite em ideologias
nem em falsas ideologias
ideal é ser você mesmo
liberdade é palavra bonita
mas não a pronuncie
vivê-la é o bastante
abandone-se nas situações
de vez em quando
do lirismo à hipocrisia
e até a vadiagem
apaixone-se por uma mulher
uma árvore, um comercial
seja tudo que puder
fale pouco
escute (com um pouco de atenção) muito
não reestruture
nem reformule nada
tenha sempre a mão
uma garrafa cheia
ou um cigarro
pratique um vício, se quiser
olhe sempre pra frente
relacione-se com pessoas
de todas as idades
tamanhos, credo, cor
não seja caridoso, seja bom
e mais o que quiser, se quiser

não se defina nunca


MQ

2 comentários:

  1. li isso há muitos anos atrás...marcelo me mandou...muito muito bom...beijos

    ResponderExcluir